segunda-feira, 30 de março de 2015

Oração de Santo Tomás de Aquino - Para a mais Virgem Maria

Ó mais abençoada e doce Virgem Maria, mãe de Deus, cheia de toda ternura, filha do Altíssimo, Senhora dos anjos, Mãe de todos os fiéis. Este dia e todos os dias da minha vida, confio ao vosso coração misericordioso, meu corpo e minha alma, todos os meus atos, pensamentos, escolhas, desejos, palavras, atos, minha vida e morte, para que, com a vossa ajuda, tudo pode ser encomendado para o bem de acordo com a vontade de vosso amado Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo.

Para mim, minha Santíssima Senhora, um conforto e um aliado contra os estratagemas e armadilhas do inimigo antigo e de todos aqueles que abrigam doentes intenções contra mim.
Do teu amado Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, pedir-me a graça de resistir firmemente as tentações do mundo, a carne e o diabo, e uma constante resolução para não mais pecar e a perseverar no vosso serviço e no serviço de Teu Filho amado.

Minha Santíssima Senhora, também rogo-vos obter para mim verdadeira obediência e verdadeira humildade de coração para que eu possa reconhecer-me verdadeiramente como um pecador — fraco e miserável — e impotente, sem a graça e a ajuda de meu Criador e sem tuas orações Santas, para fazer qualquer tipo de obras ou mesmo para resistir as agressões implacáveis do mal.

Procurai para mim também, Ó dulcíssima Senhora, eterna pureza da mente e do corpo, para que com um coração puro e corpo casto posso ser fortalecido para servir a Ti e ao Teu filho amado.

Dele, obter para mim um espírito de pobreza voluntariamente aceita com paciência e tranquilidade de espírito, para que eu terei forças para sustentar os trabalhos do meu estado de vida e trabalho para minha própria salvação e dos meus irmãos.

Obter para mim também, Ó dulcíssima Senhora, verdadeira caridade com que do fundo do meu coração que eu possa amar vosso Santíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo e, atrás dele, amo-te acima de todas outras coisas e amo meu irmão em Deus e por causa de Deus.

Desse modo possa eu Alegrar-me na sua bondade, tristeza sobre meus males, desprezar ninguém, nunca julgar precipitadamente e nunca em meu coração exaltar-me por cima de ninguém.  Ó rainha do céu, que sempre no meu coração tenha medo e o amor igual para Teu Filho mais doce. Que sempre eu possa agradecer pelas muitas bênçãos que concedeu a mim, não por meus méritos, mas pela sua bondade; e  nunca deixar de fazer uma confissão pura e sincera e fazer verdadeira penitência pelos meus pecados, para que eu mereça obter sua misericórdia e graça.

Peço também que, no final da minha vida, você, Mãe, sem comparar, portão do céu e advogada dos pecadores, não permitirá a mim, vosso indigno servo, desviar a Católica de Santa Fé, mas que irá protege-me com a tua grande piedade e misericórdia, me defender de espíritos malignos e obter para mim, através da abençoada e gloriosa Paixão de Teu Filho e tua própria intercessão, receber em esperança, o perdão de todos os meus pecados.
Quando eu morrer no seu amor , podereis dirigir-me ao caminho de Salvação e Ventura.
Amém. 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário