segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

UM FILHO EM DEFESA DA MÃE

 
 
 
A propósito da Santíssima Virgem, devo lhe confiar uma das minhas simplicidades com ela. Às vezes, surpreendo-me a lhe dizer: "Mas, minha boa Santíssima Virgem..., acho que sou mais feliz que a senhora, pois eu a tenho por Mãe, e a senhora não tem uma Santíssima Virgem para amar... É verdade que a senhora é a Mãe de Jesus, mas esse Jesus a senhora no-lo deu todo inteiro... e Ele, na cruz, no-la deu por Mãe. Assim, somos mais ricos do que a senhora, pois possuímos Jesus e a senhora é nossa também. Outrora, na sua humildade, a senhora desejava ser, um dia, a pequena serva da feliz Virgem, que teria a honra de ser a Mãe de Deus, e eis que eu, pobre criaturinha, não sou vossa serva, mas vossa filha, a senhora é a Mãe de Jesus e a senhora é minha Mãe". Sem dúvida, a Santíssima Virgem deve rir da minha ingenuidade, contudo, o que lhe digo é bem verdadeiro!  
 
Santa Teresinha
Colaboração Ir. Nilza do Carmo 

Nenhum comentário:

Postar um comentário