quinta-feira, 13 de junho de 2013

Meditando o Evangelho com Frei Tiago de São José - Programa "A Hora da Misericórdia", Rádio Luz, Santa Rita - Paraguay.

“Ao sair de Jericó, uma grande multidão o seguiu. Dois cegos, sentados à beira do caminho, ouvindo dizer que Jesus passava, começaram a gritar: Senhor, filho de Davi, tem piedade de nós!A multidão, porém, os repreendia para que se calassem. Mas eles gritavam ainda mais forte: Senhor, filho de Davi, tem piedade de nós! Jesus parou, chamou-os e perguntou-lhes: Que quereis que eu vos faça? Senhor, que nossos olhos se abram! Jesus, cheio de compaixão, tocou-lhes os olhos. Instantaneamente recobraram a vista e puseram-se a segui-lo.” – Mateus20: 29-34



            "Cidade de Jericó representa as coisas que existem no mundo, como diz o Apóstolo São João “Filhinhos, Não ameis o mundo, nem aquilo que há no mundo”, porque de fato, o mundo nos apresenta muitas seduções, mas, todos os caminhos do mundo nos afastam de Deus. Seja o caminho da mentira, da impureza, da ambição, da vaidade, das diversões, todos os caminhos do mundo. E apesar de serem diferentes, todos eles nos afastam de Deus.
Esses cegos ficaram contaminados, cegos segundo a alma, aqueles mesmo que estavam cegos segundo o corpo, podemos dizer que na nossa leitura espiritual são cegos segundo a alma, são pessoas que não conseguem ver as coisas segundo a fé!
Muitas pessoas são cegos, só enxergam as coisas materiais, aquilo que está na frente dos olhos, veículos, casas, campos, nada mais do que isso, não conseguem ver Deus, as coisas espirituais. E é por isso que podemos chamar de cegos, porque Deus nos deu a visão espiritual. Se você explica pra uma criança de 5 anos, que existe Deus e os anjos ela imediatamente acredita nisso, porque nós nascemos com a capacidade de enxergar as coisas espirituais. Mas à medida que as pessoas se contaminam com a mentalidade de Jericó, a mentalidade do mundo, o apego as coisas materiais, essas pessoas não acreditam mais, e não faz mais falta. Acham que a vida é muito boa longe de Deus. Pra eles não faz questão ficar sem receber Jesus e faltar a Missa de domingo. Porque eles não precisam de nada voltado a espiritualidade, porque eles vivem segundo a carne.
Mas acontece que numa certa hora essas pessoas vão sentindo falta, as coisas começam a dar errado, o demônio começa a perturbar a vida dessas pessoas.

O que resolve a pessoa ter os Sacramento, se não vive conforme o Sacramento? O Evangelho diz que eles estavam sentados no meio do caminho, o que significa a imagem de pessoas que não vão à frente na vida, que passam anos sem progredir, só sentados no caminho sem rumo sem direção, sem ideal, sem força para seguir, mas JESUS PASSOU NAQUELE CAMINHO, e eles começaram a pedir. A multidão, porém repreendia para que se calassem porque muitas vezes as pessoas começam a implorar a graça de Deus, e a multidão dos demônios que estão ao redor de nós, dizendo “não reze, não vá a Missa”, essa Multidão está sempre gritando. E você tem que se decidir: ouvir a multidão, a tentação, a voz maligna dizendo pra você parar de buscar a Deus, ou Seguir a Deus intensamente." (Por Frei Tiago de São José - Programa "A Hora da Misericórdia" 13/06/13)

Um comentário:

  1. O Frei Tiago é uma alma iluminada pelo Espirito Santo de Deus, louvado seja Deus pela sua existência!

    ResponderExcluir