quinta-feira, 2 de maio de 2013

COMPREENDENDO A VIDA MONÁSTICA E SEU CARISMA SEGUNDO BEATO FRANCISCO PALAU





”O Profeta Elias com a ânsia que sentia pela divina contemplação e o vêemente desejo de adiantar-se na virtude, se foi para longe das cidades e despojando-se de todos os interesses terrenos e mundanos, se propôs começar a viver a Vida Eremítica, Religiosa e Profética, consagrando-se a ela, como nenhum até então, o havia feito. Com a Inspiração e impulso d Espírito Santo, começou a vivê-la e a instituiu.”
Beato Francisco Palau continua explicando sobre a Perfeição desta vida religiosa e que muito nos ensina, independente de nosso modo de vida, sendo que são dois os fins: “um, podemos alcançar com nossos esforços e o exercício das virtudes, ajudados da Divina Graça. Consiste em oferecer a Deus o coração santo e limpo de toda e atual mancha do pecado.”
Outro, é dom gratuito de Deus e que Ele comunica à alma. Consiste em que, não só depois da morte, senão ainda nesta vida mortal, possa saborear no afeto do amor e no gozo da luz do entendimento, algo sobrenatural do poder da Presença de Deus e do deleite da Eterna Glória. Isto quer significar beber da torrente da delícia Divina. Deus prometeu este fim a Elias ao dizer-lhe: E aí beberás da Torrente.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário