terça-feira, 20 de novembro de 2012

Angelus Domini


Angelus Domini
A hora do Angelus, também conhecida como a hora das Ave- Marias é rezada as 06:00, as 12:00 e as 18:00 horas. O objetivo dessa oração é relembrar o momento da anunciação do anjo Gabriel a Maria, trazendo as boas novas de que o salvador iria nascer de uma virgem sem pecado.
Esse costume nasceu da piedade Católica durante a Idade Média. No inicio se rezava apenas ao nascer do dia, depois passou a ser rezada também ao meio dia e com o passar do tempo as Orações passaram a ocorrer durante o entardecer. Ao tocar os sinos das Igrejas durante essas horas a população se reunia para rezar. No período de guerra contra os Turcos o Papa Calisto III relacionou as Orações Católicas com o chamado das Orações mulçumanas e incentivou a prática para pedir a proteção da Virgem Maria na luta contra os que ameaçavam a Fé Cristã. A orientação do Papa foi de total importância para que o costume se firmasse de uma vez por todas entre os Católicos. São Pedro Canísio, doutor da Igreja, também incentivou a realização das orações para a Virgem Santíssima durante as três horas do dia. Os últimos Papas mantiveram a prática, todos os dias as orações acontecem no vaticano e durante o meio dia uma multidão se reúne para rezar, tendo freqüentemente a presença do Papa.
A hora do Angelus é um momento de puro contato com a Virgem Maria e uma oportunidade de reflexão da Fé Cristã e das práticas tomadas no dia a dia. Nos instantes em que rezamos as Ave- Marias intercaladas com os versículos bíblicos revivemos o momento da anunciação da vinda do nosso Salvador ao mundo. A Fé se fortalece a partir de rituais como este, a áurea de Santificação que nos envolve durante estes momentos de comunhão com o Divino é de total importância na intensificação e no sentido dado a nossa prática como Cristãos.
As orações podem ser tanto no âmbito coletivo na reunião em comunidade, como ocorre em algumas Igrejas, quanto pode ser um momento individual de orações. Durante a manhã a hora do Angelus serve como parte de um ritual de orações que nos concedem bênçãos durante todo o dia. Ao meio dia o caráter reflexivo da oração se faz mais presente, ao analisarmos a primeira parte do nosso dia com a segunda que estar por vir. O terceiro momento ao entardecer é um momento de pura reflexão com base no Evangelho, reflexão do nosso comportamento no dia que passou. Agradecer a Deus e a Virgem Maria por todas as graças e a proteção que recebemos é também outra característica de suma importância ao recitarmos o Angelus, pois a compreensão de que precisamos da proteção superior é um importante passo para uma perfeita comunhão com Deus.
Confraria Nossa Senhora do Carmo


Um comentário:

  1. V/ Angelus Dómini nuntiávit Mariæ
    R/ Et concépit de Spíritu Sancto.


    Ave Maria grátia plena Dóminus tecum, benedícta tu in muliéribus et benedictus fructus ventris tui, Jesus. Sancta Maria, Mater Dei, ora pro nobis peccatóribus, nunc et in hora mortis nostræ. Amém.

    V/ Ecce ancílla Dómini
    R/ Fiat mihi secúndum verbum tuum.

    Ave Maria.

    V/ Et Verbum caro factum est
    R/ Et habitávit in nobis.

    Ave Maria.

    V/ Ora pro nobis, sancta Dei Génitrix
    R/ Ut digni efficiámur promissiónibus Christi.

    Oremus: Gratiam tuam, quæsumus Dómine, méntibus nostris infúnde: ut qui Angelo nuntiánte, Christi Filii tui incarnatioónem cognóvimus; per passiónem ejus et crucem, ad resurrectiónis glóriam perducámur. Per eúmdem Christum Dóminum nostrum. Amém.

    GLÓRIA (3X)

    Angele Dei, qui custos es mei, me, tibi commíssum pietáte supérna, illúmina, custódi, rege et gubérna. Amen

    ResponderExcluir